FAQ

Já tenho uma ideia para um negócio. Será que posso usar essa ideia como base para os projetos que terei de desenvolver, contribuindo assim para o desenvolvimento da própria ideia?

As atividades pedagógicas pretendem acima de tudo permitir que os alunos possam entender os processos envolvidos na atividade de empreendedorismo. Esses processos podem ser trabalhados com base em ideias muito diversas, e na maior parte dos casos, haverá grande liberdade para que os alunos possam escolher os temas que serão objeto da aplicação dos processos. Por uma questão de motivação, será seguramente enriquecedor que os alunos tragam as suas próprias ideias. Será no entanto também fundamental que adoptem em relação às mesmas uma atitude de validação franca e honesta que lhes permita entender realmente o essencial dos processos de validação.

Ao ser aluno deste Mestrado tenho de criar a minha própria empresa?

A criação de empresas por parte dos alunos deste Mestrado é naturalmente algo desejável e será seguramente um bom indicador do sucesso do mesmo. No entanto, o Mestrado não deve ser confundido com um programa de aceleração. Esses programas pressupõe normalmente que os participantes já tenham uma ideia e visam ajudar na transformação da ideia em negócio. Embora o Mestrado vá criar as condições para que os alunos que assim o pretendam possam avançar na criação de empresas, esse não é em si mesmo o principal objetivo e os alunos não devem sentir qualquer obrigação de o fazer. Este Mestrado pretende desenvolver um conjunto abrangente de competências que serão fundamentais na criação de negócios mas o aparecimento de oportunidades relevantes pode não acontecer durante o curso e por isso não seria nunca aceitável empurrar os alunos para a criação de uma empresa apenas para cumprir objetivos de formação.

Para completar este curso tenho de fazer uma dissertação de Mestrado no final?

Tendo em conta as especificidades deste curso, a dissertação final foi substituída por um projeto de empreendedorismo. Este projeto deverá ter como resultado um plano de negócios que apresente uma fundamentação aprofundada dos diversos elementos que constituíram um novo negócio assente em Tecnologias de Informação. O trabalho a desenvolver deve abranger as diversas componentes que normalmente constituem um plano de negócio e deve ser assente em elementos de validação que acrescentem credibilidade à proposta apresentada. Embora isso não seja condição necessária, espera-se que este plano de negócios esteja ao nível do que seria esperado para uma apresentação credível a investidores.

Posso fazer este curso em Part-time?

O METSI pode ser realizado em part-time. Do ponto de vista de horário haverá uma concentração em dois 2 dias da semana, o que poderá permitir conciliar com outras atividades. Contudo, este é um curso intensivo que requer muito trabalho fora dos períodos de aulas e em que será difícil controlar a disponibilidade. O empreendedorismo não se aprende dentro de uma sala de aulas e por isso mesmo este curso está desenhado para levar os alunos a fazerem uma boa parte do seu trabalho junto dos potenciais clientes das ideias que estarão a desenvolver. Esse trabalho obriga a despender tempo e sobretudo exige alguma disponibilidade para agendar reuniões nas alturas em que esse potenciais clientes estejam eles próprios disponíveis. Tudo isto pode ser difícil de compatibilizar com um emprego a tempo inteiro.

Frequento um curso de Mestrado Integrado na área das Tecnologias de Informação e já completei os três primeiros anos do curso, ou seja completei um primeiro ciclo de estudos. O que devo fazer para candidatar-me ao METSI?

Se já completou o primeiro ciclo de estudos de um curso de Mestrado Integrado na área das Tecnologias de Informação ou afins, poderá requerer, no seu estabelecimento de ensino superior, o certificado do grau de licenciado correspondente ao curso que frequenta e candidatar-se normalmente ao METSI.

Ainda não completei o primeiro ciclo de estudos do ensino superior, mas pretendo candidatar-me no futuro ao METSI. Posso frequentar, nestas condições, as UCs do METSI?

Excepcionalmente, poderá ser admitida a frequência de unidades curriculares do METSI a alunos que ainda não tenham completado o primeiro ciclo de estudos (correspondente ao grau de licenciado) em regime de Unidade Extra-curricular ou Unidade Curricular Isolada, conforme os artigos 20º e 21º da secção III do capítulo II do Regulamento Académico da Universidade do Minho. Os créditos destas Unidades Curriculares poderão mais tarde ser contabilizados para a obtenção do grau, caso o aluno venha a formalizar a inscrição no curso numa fase subsequente.

 

Anúncios

Muito mais do que uma enorme paixão pela tecnologia